Seguimento Pós-Operatório

Os retornos com o cirurgião são feitos da seguinte maneira:
- Sete (07) dias após a cirurgia para retirar pontos e dreno. Prescrição de medicações como inibidores de bomba de prótons para evitar úlceras e suplementos nutricionais;
- Trinta (30) dias de pós-operatório para aferição de peso, avaliação da evolução da dieta e liberação para exercícios físicos no caso de cirurgia laparoscópica;
- Retornos com 3, 6, 9 e 12 meses no primeiro ano para exames laboratoriais, aferição do peso e de principais queixas, além de reposição de vitaminas e minerais se necessário. Nos retornos de 6 e 12 meses realizamos exames de ecografia abdominal para avaliação de possível colelitíase (pedra na vesícula biliar) e gordura (esteatose) hepática e endoscopia digestiva alta para avaliar o reservatório gástrico (pouch) e a existência ou não de úlcera péptica.
- Retornos semestrais a partir do segundo ano de pós-operatório.

Retorno ao trabalho e atividades habituais:
No caso de cirurgia laparoscópica, o retorno ao trabalho se dá em 15 dias, atividades de academia e exercícios aeróbicos em 30 dias e no caso da cirurgia aberta é dependente de cada paciente, mas sempre com tempo de retorno mais demorado.

Gestação:
É extremamente recomendado que mulheres em idade fértil usem métodos anticoncecpcionais nos primeiros 18 meses após a cirurgia, afim de evitar danos ao seu próprio corpo e ao feto em decorrência de carências vitamínicas e minerais.